embeb src= "http://www.anos60.com/adagio/bach_air_on.wma"type="audio/mpeg"autostart"true" loop="true">

segunda-feira, novembro 02, 2009



SIMPLESMENTE

Simplesmente senti
O arrepio da beleza crescente
Das cores que se confundem no horizonte
Simplesmente olhei
Com os olhos despidos
De qualquer sentimento
Absorvendo
O sentido ritmico
Do vai vem do mar
Da mutação das rochas
Do agitar da folhagem

Simplesmente enfrentei
A vida de frente
Regada de luar
De sombras brilhantes
De imagens coloridas
Felizes, vivas
Simplesmente

Simplesmente amei-te
Com um amor puro e inocente
Cheio de ilusões de ternura
Com paixão de sangue
Ventre, pulsante, interna
Só minha
Simplesmente......


Zica Caldeira Cabral

Hulverstone 01/11/2009

Foto ZCC - Balckgang Chine

6 Comments:

Blogger direitinho said...

Simplesmente maravilhoso.
A Zica deve escrever mais e mais.
Por vezes andamos cansados e outras parece que as ideias não saiem. Nem puxadas com uma corda!....
Senti a sua falta mas como sei que agora tem muito trabalho fiquei assim.=mudo e quieto=
Cá vai um beijo de terna amizade e votos de que tudo na vida lhe vá correndo bem a si e aos seus.

7:04 da tarde  
Blogger Zica Cabral said...

obrigado pelas suas palavras Luís .
De facto, o tempo que tenho não da para tudo e, às vezes , chego a casa, fisicamente tão cansada que nao tenho energia para nada. Mas gosto muito do meu trabalho e estou mt satisfeita. Tb gostam de mim e os meus clientes são muito queridos.
um beijinho pra si com mt amizade

7:26 da tarde  
Blogger mfc said...

Um poema bonito e pleno de força.

7:32 da tarde  
Blogger mari (a)penas... said...

Li este poema duas ou três vezes... Em todas elas senti uma ternura enorme, adorei.

Numa primeira fase, os olhos despidos de qualquer sentimento, conjugados, por último, com uma paixão e uma entrega tão ternurentas.

"Simplesmente" porque os sentidos e os sentimentos mais puros e mais intensos serão sempre os mais simples!

Adorei Zica! Conteúdo, ritmo...

Beijinhos

5:52 da tarde  
Blogger prafrente said...

Belo poema...também gosto de olhar o mar e contar-lhe o que vai na alma...

Tenho estado na cama com gripe;só me levantei hoje á tarde para ir ás aulas...

Beijinho e bom fim de semana

1:32 da manhã  
Blogger José Eduardo Seregato said...

muito bom! parabéns pelo texto! abraços

3:06 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home