embeb src= "http://www.anos60.com/adagio/bach_air_on.wma"type="audio/mpeg"autostart"true" loop="true">

quinta-feira, novembro 10, 2005

As Aventuras de Joana II

II capítulo
A festa (cont)


Durante o jantar não se falou acerca da festinha de Sábado. Joana, impaciente, bem olhava para Jorge e levantava as sobrancelhas para o estimular. Mas Jorge falava calmamente com o Pai e parecia nem reparar.
O Pai só estava em casa à hora das refeicões e, embora fosse doce e meigo, de vez em quando tinha uns rasgos de mau feitio. Joana adorava-o mas temia as suas fúrias repentinas quando qualquer coisa o contrariava. Fosse a politica do governo fosse um qualquer episodio doméstico. Por sorte essas furias só duravam 5 minutos e depois voltava a ser o Pai amoroso com quem todos podiam contar.
Por isso, nem se atreveu a abordar o assunto. Se o fizesse, Maria iria contestá-la e a hierarquia lá em casa era sagrada. Teria que acatar o que a irmã mais velha decidisse. Não, era melhor deixar o Jorge tratar do assunto.
Quando acabaram a refeição Jorge fez sinal a Joana para que saísse da sala de jantar. Queria conversar com a Mãe e a Maria mas não queria a miuda presente.
Joana subiu as escadas em direcção ao quarto com o coração aos pulos. Ai, como desejava que Jorge fosse bem sucedido na sua missão! E pôs-se a pensar quem iria convidar. A Leonor, a sua melhor amiga, desde os 10 anos, o irmão dela, o Frederico. O primo João, da sua idade lá teria que vir porque se não lhe dissesse nada a tia Rita, irmã do Pai, ficaria ofendida. Não gostava dessa tia nem um bocadinho. Autoritária e prepotente. Tratava o João como se ainda fosse um bébé, impondo-lhe um horario tão rigido que o pobre rapaz até tinha horas certas para cortar as unhas. E claro, não lhe dando um minuto de liberdade. O rapazinho não tinha culpa de ser tão “atado”, era prisioneiro daquela megera.
Ouviu bater a porta do quarto da irmã com mais força do que a necessária e deduziu que a conversa já acabara e que o desfecho lhe tinha sido favorável e não do agrado de Maria mas esperou calmamente que Jorge a viesse chamar. Não teve que esperar muito, o irmão não tardou a bater-lhe à porta.
- Posso?
- Entra
- Olha a Mãe pede para tu ires falar com ela. Deixa-te convidar três amigos.
Joana levantou de um pulo e correu pelas escadas a baixo direitinha à sala onde estavam os pais.
- Então Mãezinha, posso?
- Podes, sim querida. Podes convidar 2 amiguinhos mas o João tem que vir obrigatoriamente, já sabes.
- Não faz mal Mãe. Vou dizer à Leonor e ao Frederico. Vou já telefonar-lhes.
- Espera filha, deixa-me primeiro telefonar à tia Rita. Se o João não puder vir podes convidar amis um amigo.
- Está bem Mãe – e Joana inclinou-se para lhe dar um beijo – és um amor Mãezinha, obrigado.
- Não tens de quê minha querida. Vá agora deixa-me telefonar e vai para o teu quarto estudar. Assim que eu falar com a tia vou lá cima dar-te as novidades.

Estudar? Nem pensar! Como é que ela se podia concentrar para estudar se a cabeça estava noutro sitio? Mas fez um esforço e agarrou no livro de História, a sua disciplina preferida.

Meia hora mais tarde a Mãe entrou no quarto com uma cara não muito satisfeita.
- Não vais gostar muito das novidades Joana mas foi o que se conseguiu arranjar. O João vem mas traz um mamigo. A tua tia foi categórica em dizer que queria que o João viesse acompanhado.
- Ai Mãe mas assim já não posso dizer ao Frederico e, se ele não vem, a Mãe da Leonor não a vai deixar vir sozinha. A Mãe sabe bem que a Leonor nunca sai sem o irmão.
- Bom, então em vez de três vão ser 4 os teus convidados. Eu também não gostaria que a minha filhota de 16 anos andasse sozinha à noite nesta Lisboa.
- Obrigado mais uma vez,Mãe. Posso telefonar à Leonor agora?
- Vai, corre, telefona lá à Leonor – disse a Mãe sorrindo.
E joana radiante telefonou à amiga convidando-a e ao irmão para a festinha de Sábado. A seguir foi ao quarto do irmão.
- Jorge?
- Entra.............Então? A Mãe já te contou as novidades?
- Já sim. Vinha agradecer-te. Obrigado maninho. A Maria ficou muito chateada?
- Bem, sabes como ela é. Teimosa e autoritária. Mas teve que ceder porque o Pai farta daquela discussão deu um dos seus murros na mesa e disse que não compreendia qual era o problema de tu queres convidar alguem. Que diabo, a casa era das duas e a festa tb. Ou ela queria uma festa só para si e outra para a Joana. Que disparate! E ela nem se atreveu a discutir com o Pai.
Joana abraçou o irmão e foi para a cama. Faltavam só cinco dias para a festa e ela tinha que se levantar muito cedo para estudar. Tinha um teste de Geografia na 5ª feira e precisava de tirar uma boa nota.
(continua)

17 Comments:

Blogger Micas said...

Estou a adorar estas aventuras da Joana, fiquei presa desde o primeiro momento. Aguardo ansiosa pelo desenrolar...
Beijinho e bom fim de semana

7:20 da manhã  
Blogger Manel do Montado said...

Primeiro round ganho pela Joana. Gostei.
Apesar de parecer um conto banal e mundano, tem, contudo, todos os ingredientes e suspense inerentes a um texto bom e excelentemente escrito.
Bjokas e bom FDS,

2:11 da tarde  
Blogger António said...

Só hoje li a parte II das Aventuras da Joana porque ontem estava com os olhos cansados e o fundo negro com pouco contraste do branco das letras ainda exige maior esforço dos olhinhos.
E a tua história continua fazendo-me prever que ainda haverá muitos episódios.
Enquanto vou aguardando o seu desenvolvimento, não quero deixar de realçar de novo a forma escorreita e clara como escreves.
Não há dúvida de que tens mais do que jeito.
Aliás, já tinha reparado nisso nos e-mails que tenho recebido de ti.

Beijinhos

10:09 da tarde  
Blogger badger said...

To a ADORAR esta história!! Eu também tenho duas irmãs... quando eramos novos, recordo existir competições entre nós e toda uma rivalidade que com o tempo se tornou numa grande cumplicidade e amor de irmãos!!

(Obrigado mais uma vez pelo post do alentejo)!!

Bom Fim de Semana...

12:36 da manhã  
Blogger António said...

Então quando continua a história da Joana?
Andas com preguiça, é isso?
ah ah

Obrigado pela visita.
Ainda colocarei aqui uma 2ª parte que já fiz.
Lá para 4ª feira!

Beijinhos

7:43 da tarde  
Blogger Isabel-F. said...

Oi ZIca...

Estou a ler com bastante interesse.
Vou ficar à espera do próximo capítulo.

Tem uma boa semana. Bjs

4:43 da tarde  
Blogger TMara said...

k delícia ler estas estórias da joana.Boa semana. bjs de luz e paz :))

7:46 da tarde  
Blogger Betty Branco Martins said...

Olá Zica

Estou encantada com esta história, o que é que esta joaninha vai fazer!!!

Claro que seguirei os seus "passos" através da tua excelente escrita.

Beijinhos

10:06 da tarde  
Blogger Zica Cabral said...

muito obrigado atodos pelas vossas palavras tão animadoras. A historia da Joana segue 4ª feira o mais tardar porque não tenho estado bem..............quando estiver melhor eu ponho.
Beijinhos a todos

10:10 da tarde  
Blogger Manel do Montado said...

Desejo que te ponhas bem depressa, se este post te causar um sorriso já valeu a pena escrevê-lo.
Onde quer estejas vai até um espaço aberto, inspira fundo e manda um grande berro…vais ver que vai toda a gente olhar para ti e só o momento de embaraço já te vai fazer sorrir.
Não é que cure alguma coisa, se calhar até cura, não sei, mas lá que alivia, alivia.
Beijinhos, põe-te bem e faz o favor de ser feliz.

10:05 da manhã  
Blogger António said...

Estás doente, Zica querida?
Que se passa?

Beijinhos

2:02 da tarde  
Blogger Flávia said...

Fez-me lembrar das peripécias da minha irmã (Gau) e eu. Só que lá em casa, era meio invertido. Gau, a mais nova, mais eloquente, mais querida é que fazia os contatos e eu, as vezes, ia na rabeira. Mas ficava emputecida quando ela me largava para tras. Saudades...

3:31 da tarde  
Blogger Furão said...

Com os desejos reiterados de rápidas melhoras, cá vou acompanhando sempre a Joana, não a perderia por nada.

Bjs

6:38 da tarde  
Blogger Micas said...

Estou impaciente pelo desenvolver do conto!!
Beijinhos

11:07 da tarde  
Blogger Menina_marota said...

Sou filha única e, durante muito tempo lamentei o facto!

E, continuo a lamentar... porque ler esta estória tão emocionante, diz-me o que perdi no relacionamento de irmãos...

Bem... vou continuar a leitura :)

Jinhos ;9

2:15 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Excellent, love it! locking media storage cabinet Dental mri chinese rosewood cherry bedside cabinet Digital camcorder jvc printing 27 esa flat screen tv Action kids games painting tips for cabinets Interior design portland oregon cardell cabinets bathroom door replacement florida Dodge power wagon swaybar

7:46 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Cool blog, interesting information... Keep it UP Interracial t Bikini girls of the 60's Big breast competion Tao penis reshaping west palm beach Jolly green giant gets blowjob Yiffy cum Video clips public xxx Hunks with huge dicks Hairy bodied women tgp Fucking in my ass sexy foot girls news Pictures of j lo fat ass Gay frank eppling pregnant nudes Photo site of big breasts Car models wallpaper Pictures of mature shaved pussy hairy girls armpits Lesbian stories ejaculation

6:45 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home